terça-feira, 25 de outubro de 2011

Revista O Girolando 80

Congresso MT

Congresso vai discutir cadeia leiteira de MT
Nos dias 29 e 30 de outubro haverá o primeiro Congresso do Leite de Mato Grosso (Congreleite), no município de Mirassol D’Oeste (300 quilômetros a oeste de Cuiabá). O evento é organizado pela Associação de Empreendedores Rurais de Mato Grosso (Asseru/MT), com o apoio do Sistema Famato e patrocínio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT). O tema principal é “O Futuro da Produção de Leite em Mato Grosso”.

As inscrições são gratuitas. Para participar, basta se inscrever na sede da Associação Mato-Grossense dos Criadores de GIR (GIR/MT), em Cuiabá, ou nas prefeituras e sindicatos rurais dos municípios de Mirassol D’Oeste, São José dos Quatro Marcos, Araputanga, Pontes e Lacerda, Glória D’Oeste, Curvelândia, Cáceres, Porto Esperidião, Figueirópolis e Rio Branco. Os municípios fazem parte da bacia leiteira mato-grossense. “Mato Grosso tem grande potencial para a produção de leite. Investir e orientar os produtores desta cadeia é uma das prioridades do Sistema Famato. E o Senar, que faz parte do Sistema, já oferece cursos específicos para esta cadeia produtiva.

O Congreleite servirá para multiplicar os conhecimentos e fortalecer este setor que é muito importante para o Estado”, avalia o presidente do Sistema Famato, Rui Prado. Segundo o presidente da Asseru/MT e da GIR/MT, Florindo José Gonçalves, são esperadas 560 pessoas, entre elas produtores, estudantes, empresários, técnicos, fornecedores, pesquisadores e interessados na cadeia leiteira. “Eu acredito que daqui a dez ou 15 anos Mato Grosso será o maior produtor de leite do Brasil. Mas, para isso, serão necessárias três ações fundamentais: as associações trabalharem cada vez mais em prol do leite, o apoio do governo para levar conhecimento aos produtores e a realização do Congreleite em todas as regionais”, pontua Gonçalves.

Os organizadores pretendem realizar o congresso pelo menos duas vezes por ano em Mato Grosso. Os próximos eventos estão previstos para ocorrer em Cuiabá, Rondonópolis e Nova Olímpia. Ao todo, serão realizadas sete palestras. Entre os assuntos abordados estão: morfologia animal, sanidade ou nutrição, mercado do leite em Mato Grosso e no Brasil, programas de governo para a cadeia leiteira, gestão e qualificação, linhas de crédito e incentivos. Gonçalves acrescenta que o congresso será uma oportunidade para os produtores aprenderem como manejar o gado leiteiro para produzir leite durante todo o ano. Uma das sugestões é reservar uma área da propriedade para plantar cana-de-açúcar, que serve de alimento para o rebanho no período da seca.

SERVIÇO - O Congreleite ocorrerá a partir das 9h, no salão de eventos da loja maçônica União e Liberdade, em Mirasol D’Oeste. Para mais informações, o telefone para contato é (65) 3623-9269 ou 3322-7694.

Dieta das Vacas

Mudança na dieta das vacas melhora qualidade do leite


Pesquisas da Embrapa Gado de Leite e Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) estão testando o uso de óleos vegetais na alimentação de vacas, com o objetivo de aumentar a concentração de ácido linoléico conjugado, conhecido como CLA, presente na gordura do leite e benéfico para a saúde humana.

Um leite com propriedades nutracêuticas, bom para o coração e para as artérias, capaz de se tornar um aliado contra o câncer e outras doenças, não teria dificuldades de entrar no mercado, ainda que tenha um custo maior. É o que esperam os pesquisadores.

20/10/11 - Dia de Campo na TV - 8:40

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Palestra - Campo Grande/MS

Palestra
Controle Sanitário em Bovinos Leiteiros

Data: 21/10/2011 – Sexta-Feira
Horário: 19:00h
Local: Parque Laucídio Coelho - Auditório da ACRISUL


Palestrante: Marcos Antônio F. Malacco é médico veterinário e há 10 anos trabalha como gerente técnico na Merial Saúde Animal na área de sanidade de animais de produção.

A palestra ministrada pelo médico veterinário Marcos Antônio Malacco, vai levar para o produtor informações sobre o controle integrado da mastite aliado ao bem-estar animal, pilares fundamentais para o desenvolvimento técnico sustentável da cadeia produtiva do leite no país.

Você sabia que existe vacina para Mastite?
http://br.merial.com/j-vac/index.asp

Merial é uma empresa líder mundial em saúde animal voltada para a inovação, fornecendo uma gama completa de produtos para melhorar a saúde, o bem-estar e o desempenho de várias espécies de animais. www.merial.com.br

Qualidade no Leite


Boas práticas na ordenha

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Curso

Transforme sua Fazenda
29 de novembro a 02 de dezembro

A transformação de uma fazenda em uma empresa eficiente, com mecanismos avançados de gestão, é a proposta do curso “Transforme sua Fazenda”, uma realização da Academia da Pecuária e Coan Consultoria, em parceria com Zoomix Suplementação Animal, Agron, Bigma Consultoria, Phibro, XP Investimentos e Ourofino Agronegócio. As inscrições já estão abertas para a próxima edição do treinamento, que irá ocorrer de 29 de novembro a 02 de dezembro.

 O público-alvo é formado por pecuaristas, técnicos, gerentes de fazenda, funcionários e estudantes da área. O curso visa estabelecer diretrizes para a transformação da fazenda, através de metas claras, simplificando os controles com o uso de planilhas eletrônicas específicas que agregam eficiência e agilidade ao gestor. Ao mesmo tempo, é feita uma abordagem sobre como é possível analisar os resultados financeiros com ênfase na orientação para tomada de decisões e no estabelecimento de metas de produtividade.

O ponto alto do treinamento são os módulos sobre liderança e implantação de tecnologias aplicadas às áreas de nutrição, reprodução e pastagens. Os instrutores serão o médico veterinário Júnior Fernandes e o zootecnista Rogério Coan. Os participantes terão como bônus três planilhas: PEC Gestor-ER (evolução do rebanho), PEC Gestor-CS (capacidade de suporte), e PEC Gestor-SR (suplementação e resultados).

Na opinião de quem já passou pelo treinamento, os conhecimentos agregados são fundamentais para a adoção de práticas eficientes de gestão ;

 “Posso dizer que este curso mudou a minha visão de gestão de fazendas”, assinala José Munhoz Moya Junior, de São Paulo. “Sinto-me motivado a enfrentar meus desafios e vou usar os conhecimentos que aprendi aqui”, declara Rodolfo S. Stein, de Goiás.

 “Gostei da linguagem, da maneira como foi explicado, mostrando a realidade e dia-a-dia de uma propriedade. Isto fez com que abrisse nossas mentes para novos horizontes”, diz Ana Cecília B. do Prado, de Minas Gerais.

Informações e inscrições :
Telefone : (67) 3029-5505
E-mail : anapaula@zoomix.com.br
Site : http://www.academiadapecuaria.com.br/.

O investimento é de R$ 980 por pessoa, sendo que existem condições especiais para grupos de interessados.



Objetivos do treinamento
 • Preparar para o adequado gerenciamento das fazendas de pecuária de corte;
 • Estabelecer diretrizes para a transformação da fazenda em empresa, através de objetivos e metas claras;
 • Determinar os atuais indicadores de desempenho, bem como estabelecer parâmetros de produtividade, levando em consideração a competitividade, crescimento e sustentabilidade na atividade pecuária;
 • Conscientizar os participantes quanto à importância do líder na formação de equipes auto-gerenciáveis, comprometidas e motivadas;
 • Analisar e quantificar os custos e resultados da aplicação das tecnologias de produção, nas áreas de nutrição, reprodução e pastagens;
 • Analisar de forma simples e prática, os resultados financeiros da atividade, para a correta tomada de decisão;
 • Simplificar os controles com o uso de ferramentas que agreguem eficiência e agilidade ao gestor (planilhas eletrônicas específicas). Gestão: Planejamento-Execução-Controles (PEC)
 • Determinação das diretrizes do negócio (onde quer chegar) com definição dos pontos fortes, fracos, ameaças e oportunidades;
 • Estabelecimento de objetivos e metas claras para o sucesso da atividade;
 • Definição e análise dos indicadores técnicos e gerenciais chaves para a performance da atividade (O que, quem, quando, onde, por que e como controlar);
 • Elaboração de plano de contas e demonstrativo de resultados com uso do PEC Gestor (planilha gerencial financeira).

 Liderança:
• Através de atividades específicas, vivenciar os conceitos da liderança eficaz;
 • Desenvolvimento de hábitos que elevem a eficácia pessoal e profissional;
 • Definição e ampliação do grau de pró-atividade e resiliência;
 • Conceituação em gestão do tempo;

Tecnologia:
 • Manejo da pastagem e adequação de suplementos;
 • Análise de custos e resultados da intensificação de pastagens através da adubação;
 • Uso estratégico do confinamento e semi-confinamento;
 • Simulação de resultados técnicos e econômicos da suplementação a pasto e em confinamento (planilhas específicas).

Entre em contato conosco.

Congresso

X Congresso Internacional do Leite
 26 a 28 de outubro

A Embrapa Gado de Leite realiza pela primeira vez no Nordeste brasileiro o Congresso Internacional do Leite.



O evento é considerado hoje o maior e mais tradicional do país, voltado exclusivamente para a cadeia produtiva do leite, e entra em sua décima edição, já tendo percorrido os estados de Goiás, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Segundo o chefe geral da Embrapa Gado de Leite, Duarte Vilela, realizar o X Congresso Internacional do Leite em Maceió/AL é reconhecer a crescente importância que a cadeia produtiva do leite tem para a economia nordestina.

O Nordeste produz próximo de quatro bilhões de litros de leite por ano, representando 13% da produção nacional. Em Alagoas, a atividade leiteira é voltada principalmente para a agricultura familiar e a produção está estimada em cerca de 250 milhões de litros/ano. Com a realização do Congresso, a Embrapa Gado de Leite espera contribuir para incrementar ainda mais a produção de leite nordestina. O evento ocorrerá nos dias 26, 27 e 28 de outubro e será uma das atividades comemorativas dos 35 anos da Embrapa Gado de Leite.

A expectativa é que duas mil pessoas, entre produtores, técnicos e profissionais do setor, participem do evento, que será realizado, no Hotel Ritz Lagoa da Anta.

O Congresso – O X Congresso Internacional do Leite é constituído pelo Workshop sobre Políticas Públicas para o Setor Leiteiro e pelo Simpósio sobre Sustentabilidade da Pecuária de Leite no Brasil.

Nos três dias de evento, serão debatidos temas relevantes para o setor, como:
 - Mercado e políticas públicas para o leite;
 - Tendências do mercado de lácteos no Brasil e no mundo;
 - Oportunidade da agricultura familiar voltada para a produção de leite;
 - Experiência de parceria entre laticínios e produtores;
 - Pecuária leiteira de baixo carbono;
 - A cadeia produtiva do leite no Nordeste;
 - Qualidade do leite;
 - Bem estar animal;
 - Genômica animal.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Agronegócio Brasileiro

Movimento Sou Agro
Mostrando os benefícios sociais, econômicos e ambientais que o setor gera para toda a sociedade.

Empresas e entidades, representativas do agronegócio brasileiro, se uniram para viabilizar o Movimento Sou Agro. A iniciativa tem por finalidade a valorização do agro brasileiro e sua ligação com o dia-a-dia da sociedade. O lançamento aconteceu na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista.


A proposta é enaltecer a representatividade do setor e estabelecer uma interface entre a sociedade urbana e o campo, por meio de campanha publicitária e divulgação em portais e redes sociais. O plano de mídia, cujo investimento inicial é de R$ 12 milhões, no qual os recursos foram disponibilizados por todos os participantes, será executado em duas etapas. A primeira visa tornar comum o tema agronegócio, para isso, serão veiculadas peças em emissoras de TV, jornais, revistas, rádios, cinema e mídia eletrônica em elevadores. A campanha, já em exibição nos principais veículos de comunicação do país, é protagonizada pelos atores Lima Duarte e Giovanna Antonelli.

Em uma segunda etapa, as informações serão disseminadas pelos portais http://www.souagro.com.br/ e http://www.redeagro.org.br/. O primeiro terá como público alvo todo o grande público, já o segundo terá um caráter mais científico, sendo destinado a acadêmicos e pesquisadores da área, oferecendo inclusive análises e estudos. "Será muito importante para esclarecer informações que saem, muitas vezes, equivocadas na grande mídia", explica o coordenador de conteúdo do Movimento Agro e presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Marcos Jank.

O coordenador do Conselho Gestor do Movimento, ex-ministro e dirigente cooperativista, Roberto Rodrigues, destacou qual seu sentimento com esta ação. "O setor realizou uma colheita e tanto hoje. Há 25 anos eu tento uma articulação para promoção do homem do campo", avaliou.

O movimento



O setor agro brasileiro é responsável por 25% do PIB do país e garante o superávit da balança comercial. Porém, nem toda população tem consciência desta valorosa contribuição do segmento. Por isso, diversas entidades representativas do ramo se uniram neste movimento de grande abrangência.

O Movimento Sou Agro pretende potencializar a imagem do agronegócio nacional, enaltecendo sua capacidade de geração de emprego e renda, abastecimento interno, com contribuições para aumento do poder de compra das famílias, maximizando o desenvolvimento do Brasil com crescimento sustentável.