terça-feira, 23 de março de 2010

Torneio reúne os Criadores de Girolando de Mato Grosso do Sul.


O tradicional Torneio Leiteiro do Mato Grosso do Sul teve início nessa segunda-feira (22) em Campo Grande. Produtores de gado leiteiro Girolando de Mato Grosso do Sul se reuniram para o início da disputa do 3º Torneio Leiteiro Girolando, que acontece até o dia 24 de março de 2010 durante a Expogrande 2010.

O torneio é uma realização do Núcleo dos Criadores de Girolando de Mato Grosso do Sul e conta com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, tendo como parceiros as empresas: Silozam, RealH, Acrissul, Ponto do Leite e Taurus.

São 5 criadores com 9 animais de vários graus de sangue da raça (1/4, 1/2, 5/8 e 3/4 participando do torneio.

Para aferir a quantidade de leite produzido pelos animais, nos três dias do torneio, serão realizadas três ordenhas diárias, nos horários das 6h,14h e 22h. A fiscalização e acompanhamento dos resultados serão feitos pelo médico veterinário Dagmar Rezende, que também é inspetor técnico da Associação Brasileira de Girolando.

O torneio consiste na ordenha mecânica das vacas por um período de 15 minutos. Em seguida, o leite é pesado e colocado dentro de um tanque de resfriamento. A soma das ordenhas durante os três dias dará a vitória ao animal que mais produziu leite durante a competição.

O Torneio Leiteiro é uma forma de mostrar aos produtores e ao público o melhoramento genético e as tecnologias que existem hoje para atender este segmento.
Resultados 23/03/2010




Veja mais fotos , clique aqui.

sexta-feira, 19 de março de 2010

quarta-feira, 17 de março de 2010

O mercado do leite vai ferver na Expogrande 2010


O Núcleo dos Criadores de Girolando de Mato Grosso do Sul participou ontem(16) do programa Café com Blink que vai ao ar de segunda à sexta das 6h às 8h e é comandado pela dupla Tostão e Guarany com a marca da Blink 102.7.

Com entrevistas, brincadeiras e improvisos a dupla quis saber mais sobre o mercado do leite e a raça Girolando, e convidou todos os ouvintes a prestigiar com sua presença o 3º Torneio Leiteiro e na 8º Exposição com Julgamento de animais da raça Girolando em Campo Grande, durante a Expogrande 2010, será realizado entre os dias 21 a 27 de março de 2010.

Nos dias 22,23,25 e 26/03/2010 serão realizadas palestras técnicas com os seguintes temas:

Dia 22 - FIV e TE - Tecnologias de reprodução para o melhoramento genético e ganho de produtividade em rebanho leiteiro - Luiz Fabiano Coelho de Rezende (médico veterinário).

Dia 23 – Nutrição e Manejo de animais leiteiros – Dr. Alessandro Miller (médico veterinário –Real H )Dr. Alessandro Miller formado pela Universidade Federal fluminense – mestrado em microbiologia Universidade Federal do Rio de Janeiro- pós graduação em administração de empresas pela Universidade de Tamandaré SP – gerente comercial da empresa RealH .

Dia 25 – O Programa Nacional de Melhoramento Genético do GIR LEITEIRO – André Rabelo Fernandes (Zootecnista - coordenador operacional do Programa Nacional do Melhoramento do Gir Leiteiro. Responsável pelo acompanhamento dos rebanhos puros, tanto na execução do sistema linear de avaliação e na classificação para tipo)

Dia 26 - GIROLANDO - A evolução da raça e perspectivas para o futuro - Celso Ribeiro Ângelo de Menezes (Zootecnista, superintendente técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando)

O evento terá seu encerramento no 14º GIROLANDO FAZENDÃO E CONVIDADOS, que acontecerá no dia 27 de março, sábado, a partir das 18:00 hs durante a 72ª EXPOGRANDE.
Sua oportunidade é agora de adquirir um gado de alta qualidade e tradição leiteira.
Genética de Leite à disposição do produtor. Esperamos você.

Reservas e informações: (67) 3342-8742 ( http://www.leitebrasil.com.br/)

TOSTÃO E GUARANI - Com 21 anos de carreira, Tostão e Guarani é uma das duplas mais representativas da música de raiz de Mato Grosso do Sul. Até 1983, Tostão e Guarani eram integrantes de um trio formado por Cruzeiro, Centavo e Tostão. Cruzeiro, conhecido hoje por Aurélio Miranda, seguiu carreira solo e consolidou seu trabalho em todo o país. Centavo, que passou a se chamar Guarani, e Tostão formaram então a dupla que coleciona sucessos. Os dois já se apresentaram ao lado de grandes nomes como Tonico e Tinoco, Milionário e José Rico, Matogrosso e Matias, Trio Parada Dura, entre outros.( http://www.tostaoeguarany.com.br)

sexta-feira, 12 de março de 2010

10 Motivos para se beber leite e derivados todos os dias

O que não faltam são motivos para beber leite todos os dias. Além de fundamental para o processo de crescimento, o leite é o alimento com a maior concentração de cálcio (mineral essencial para a formação dos ossos), e um dos mais ricos em proteínas.
.
É por isso que o Ministério da Saúde, a OMS (Organização Mundial da Saúde) e tantas outras organizações internacionais recomendam três porções diárias de leite ou de lácteos como iogurte, queijo ou bebidas à base de leite.
.
Como o Brasil vai sediar o 11º Congresso Pan-Americano do Leite, em março de 2010, é importante sabermos todos os benefícios que o leite pode trazer para a saúde. A nutricionista da Láctea Brasil, Licínia de Campos, listou 10 motivos que provam que o produto é um alimento essencial.
.
1- Leite e derivados são essenciais para a dieta humana
O leite tem entre seus componentes nove nutrientes essenciais, entre eles: cálcio, vitamina A, vitamina D, proteínas e potássio. Estudos demonstram que os produtos lácteos, quando consumidos como parte da dieta saudável, incrementam a qualidade alimentar e nutricional e ajudam a diminuir o risco de osteoporose, hipertensão, obesidade, câncer de cólon e síndrome metabólica.
.
2- Leite e derivados ajudam a construir ossos fortes
Os produtos lácteos fornecem um mix único de nutrientes, incluindo cálcio, vitamina D, fósforo e proteínas, os quais contribuem para maximizar a densidade óssea e retardam a perda óssea relativa ao avanço etário. A associação positiva entre cálcio dos produtos lácteos e saúde óssea foi bem estabelecida por décadas de estudos clínicos.
.
3- Leite e derivados ajudam a manutenção do peso
Os guias alimentares recomendam o consumo de três xícaras de leite semi ou desnatado ou de produtos derivados a cada dia como parte de uma dieta saudável. Os guias também estabelecem que adultos e crianças não devem evitar leite e derivados por receio de esses produtos conduzirem a ganho de peso. Juntos, leite, queijos e iogurtes fornecem componentes únicos de nutrientes essenciais, os quais auxiliam a incrementar a qualidade da dieta, auxiliando mesmo a perda e manutenção de peso.
.
4- Leite e derivados ajudam a reduzir a pressão
Os laticínios estão entre os maiores contribuintes de cálcio, potássio e magnésio, e já demonstraram ajudar a reduzir a pressão sanguínea. Na verdade, um estudo governamental de grande escala chamado de DASH (Dietary Approaches to Stop Hypertension) descobriu que dietas balanceadas, hipolipídicas, ricas em frutas, hortaliças e laticínios de baixo teor gorduroso podem ajudar a reduzir a pressão tão efetivamente quanto os medicamentos.
.
5- Intolerância à lactose e alergia ao leite são condições muito mais raras e não devem levar à restrição do consumo
Infelizmente, alguns indivíduos experimentam sintomas adversos após a ingestão do leite. Intolerância à lactose e alergia à proteína do leite são causas comuns dadas para a eliminação do leite e outros laticínios da dieta. No entanto, existem múltiplas razões, além das duas acima citadas, para produzirem efeitos semelhantes aos provocados por estas patologias. A falha na compreensão das reações aos alimentos pode levar a restrições dietéticas desnecessárias, deficiências nutricionais e, embora raras, consequências mais sérias. Por este motivo, é importante que a confusão e as falácias sobre intolerância à lactose e alergia à proteína do leite sejam bem colocadas sob o ponto de vista científico. Na verdade, intolerância à lactose não significa intolerância aos laticínios. Pesquisas demonstraram que a maioria das pessoas intolerantes à lactose pode desfrutar de até duas xícaras de leite por dia, particularmente se consumido em refeições. Outras dicas para redução dos sintomas incluem o consumo de queijos maturados, naturalmente pobres em lactose e a ingestão de leite isento de lactose.
.
6- Leite e derivados são as fontes de cálcio mais biodisponíveis.
Nem tudo que se consome, é absorvido ou utilizado pelo nosso organismo. O processo digestivo destrói e degrada nutrientes antes que o organismo possa utilizá-lo. A quantidade de nutrientes que é realmente absorvida no nosso sistema é chamada de biodisponibilidade. Alguns tipos de alimentos consumidos em conjugação com outros (ou seja a harmonização nutricional dos ingredientes) torna-os mais biodisponível: por exemplo, o cálcio. Ele é encontrado em maiores ou menores concentrações, dependendo do alimento analisado, sendo geralmente mais abundante e biodisponível no leite bovino e derivados. Embora outros alimentos tenham teores razoáveis de Cálcio, sua absorção pode ser bastante variável. Mesmo que alguns tipos de plantas sejam ricos em cálcio como a família das couves (brócolis, acelga, repolho, mostarda e folhas de nabo), alguns componentes estão presentes inibindo a absorção do cálcio.
.
7- Leite é um alimento seguro
Com o aumento do consumo e da produção do leite, surgiu a necessidade de aprimoramento de técnicas e de higienização na obtenção, transporte e conservação do leite, com o objetivo de garantir um produto limpo e saudável e com maior tempo de conservação. Por isso, atualmente existem inúmeros processos realizados no leite para melhora da qualidade e aumento da vida de prateleira.
.
8- Leite e derivados diminuem o risco de câncer de mama e de cólon
O ácido linoléico conjugado (CLA) presente no leite retarda o desenvolvimento de tumores mamários em animais. As mulheres pós-menopausa com altos níveis de CLA no sangue e de tecidos adiposos têm 70% de chances de minimizar o câncer de mama. Igualmente, o consumo incrementado de leite e derivados demonstrou diminuir o risco de câncer de cólon em ambos os sexos em 40%, benefício este de grande magnitude, visto a malignidade do câncer de cólon ser uma das maiores causas de óbitos.
.
9- Leite e derivados: tratamento natural para síndrome pré-menstrual (TPM)
Os estudos mostram que mulheres com TPM parecem ter anormalidades no metabolismo do cálcio. Quando estas mulheres ingerem 1000 a 1300mg de alimentos ricos em cálcio, tais como leite, experimentam melhoras significativas no humor, comportamento, dores e inchaços durante o ciclo menstrual.
.
10- Leite e derivados ajudam a manter a dentição por toda a vida
As crianças aprendem que o cálcio do leite ajuda a construir dentes mais fortes. Mas poucos sabem que as proteínas do leite e dos queijos combatem a formação da placa dentária e ajudam a revestir os dentes, diminuindo a quantidade de carboidrato fermentável na boca e o risco de cáries dentárias
.

segunda-feira, 8 de março de 2010

MITOS E VERDADES SOBRE O LEITE

Bom para todos, o leite pode ser usado em benefício da saúde.
.
Comum na cesta de consumo de todos os brasileiros, o leite é assunto que rende algumas dúvidas quanto a sua total eficácia no benefício para a saúde.
.
O fato é que leite é bom para todos, mas também não é remédio para tudo. confira a lista de mitos e verdades sobre o leite que o Mundo Ela preparou para você!
.
O leite ajuda a prevenir a diabetes?
Verdade. Segundo os cientistas, a ingestão de produtos lácteos reduz o risco de síndrome metabólica - uma série de sintomas que aumentam a probabilidade de doenças cardíacas e diabetes. Eles constituem parte importante de uma dieta saudável, balanceada, e a recomendação é de consumir 2 a 3 porções de produtos lácteos magros por dia. Manter peso saudável pela dieta e pela atividade física são pontos vitais na redução do risco do desenvolvimento de diabetes tipo 2.
.
É verdade que grávidas não podem tomar leite durante a gestação?
Mito. A falta de consumo do leite e derivados durante a gestação coloca em risco o infante (feto) em uma série de deficiências nutricionais. Portanto, fica mais do que evidente que é necessário, se não premente, que a gestante tenha de consumir este grupo de alimentos construtores tão importantes obrigatoriamente, deixando de fazê-lo somente por intolerância à lactose ou alergia ao leite, ou outros problemas decorrentes desta ingestão, casos raros na vida prática.
.
Leite ajuda a combater a osteoporose?
Verdade. Osteoporose é uma doença na qual os ossos se tornam mais frágeis e suscetíveis às fraturas. Ossos saudáveis necessitam de dieta bem balanceada, incorporando minerais e vitaminas de diferentes grupos alimentares, especialmente para garantir que a dieta seja rica em cálcio. As melhores fontes de cálcio são leite e derivados, prontamente absorvidos pelo organismo e que dão aos ossos sua força e exercem papel importante na estrutura, no desenvolvimento e na manutenção dos tecidos ósseos.
.
Leite ajuda na prevenção do câncer?
Verdade. Em termos de risco de câncer, laticínios e cálcio demonstraram tanto efeitos protetores quanto danosos. Mas os benefícios totais na saúde comprovados superam os danos não comprovados. As evidências sugerem que laticínios e cálcio têm papel protetor na prevenção do câncer colorretal.
.
É verdade que não se pode tomar leite com manga?
Mito. Na época da escravidão, os senhores de engenho, preocupados em diminuir o consumo de leite por parte dos escravos (quanto menor o consumo, maior a sobra para comercialização) e sabedores da grande quantidade de manga que os escravos consumiam devido à fartura dessa fruta, diziam que consumir manga e tomar leite poderia até causar a morte. Daí o folclore. Até hoje, a força dessa crendice se manifesta. Na verdade, a combinação manga com leite faz muito bem para a saúde, representando uma dupla altamente nutritiva.
.
É verdade que crianças com menos de um ano devem evitar tomar leite de vaca?
Verdade. O leite de vaca não é recomendado para crianças com menos de 1 ano. Os bebês alimentados com leite integral de vaca (LIV) não obtêm vitamina E suficiente, ferro e ácidos graxos essenciais. Por outro lado, há a obtenção de muita proteína, sódio e potássio. Estes níveis podem ser muito altos para o sistema da criança suportar. A proteína e gordura do LIV são mais difíceis para uma criança digerir e absorver. A recomendação é que essas crianças sejam amamentadas ao peito ou com fórmulas fortificadas com ferro nos seus primeiros 12 meses de vida.
.
É verdade que os asmáticos não podem beber leite?
Mito. Não há evidências associando lácteos com asma. Por séculos, o leite foi acusado de aumentar a produção de muco e, por sua vez, várias outras condições como asma e ronco. Uma bateria de estudos concluída em 2005 indicou que não há ligação entre o consumo de leite e produção de muco ou asma. Em um estudo, os participantes infectados com vírus comum da gripe relataram sintomas de aumento na produção do muco após a ingestão de leite, mas quando sua produção de muco foi realmente mensurada, não houve diferenças estatísticas. Em outro estudo, não houve diferenças na sensação experimentada entre a ingestão de bebida a base de soja e leite de vaca. Isto não quer dizer que indivíduos não experimentem a sensação, mas na verdade que não há aumento real na produção de muco.
.
Leite ajuda no combate da anemia?
Verdade. A ingestão de carne vermelha e leite fortificado podem combater os níveis diminuídos de ferro. Quando este mineral está em falta causa anemia. Se severa o suficiente, principalmente em crianças, pode retardar o desenvolvimento cerebral e mesmo resultar em problemas de comportamento e função cognitiva prejudicada.
.
É verdade que a gordura do leite pode ser saudável?
Verdade. Há um aumento da preocupação global sobre o papel dos alimentos na saúde e nas doenças crônicas. Leite e seus derivados são fontes importantes de proteínas e gorduras dietéticas das refeições de muitas culturas. Embora considerados alimentos com alto teor em colesterol, o leite e seus derivados não são os maiores contribuidores para o colesterol dietético, pois o leite integral contém 10 - 15 mg de colesterol/dL, enquanto o leite desnatado a 1% contém menos que 8 mg/dL de colesterol. As gorduras trans foram implicadas como fatores de risco para DCV (doenças cardiovasculares), devido ao seu efeito hipercolesterolêmico. Os riscos de DCV das gorduras trans ingeridas no leite e seus produtos são, contudo, muito pequenas comparadas ao risco do consumo de óleos vegetais hidrogenados.
.
É verdade que leite hidrata?
Verdade. Leite achocolatado, por exemplo, é a última novidade em bebida esportiva, focando a atenção do mundo do fitness. Pode parecer incomum que a bebida cremosa de nossa infância possa beneficiar atletas, mas vários estudos recentes descobriram que beber leite após se exercitar pode ter efeitos positivos na regeneração e construção dos músculos e hidratação.
.
O chocolate tira o efeito do leite?
Resposta: Mito. O leite aromatizado contém os mesmos 9 nutrientes essenciais que o leite puro: cálcio, potássio, fósforo, proteínas, vitaminas A, D e B12, riboflavina e niacina (equivalentes) e é uma alternativa saudável aos refrigerantes. O consumo de leite aromatizado ou puro com baixo teor em gordura ajuda a cumprir a recomendação dos guias alimentares de 3 porções ao dia.
.
O café tira as proteínas do leite?
Verdade. O café interfere na absorção do cálcio contido no leite, o que torna a mistura café-com-leite um alimento pouco eficaz. Vários fatores podem influenciar a biodisponibilidade de um nutriente. O café possui substâncias bioativas e que podem contribuir para as atividades antioxidantes.
.
Leite engorda?
Mito. Um relatório recente do National Dairy Council demonstrou que a ingestão adequada de alimentos ricos em cálcio tais como leite, queijos ou iogurte têm importante consideração para a promoção da saúde, ou, em outras palavras, na redução do risco de várias desordens médicas. Um experimento clínico controlado em adultos obesos demonstrou que o consumo de produtos lácteos, em particular o cálcio e vitamina D do leite, acelera significativamente a perda de gordura e perda de peso corporal.
.
Leite é bom para gastrite?
Verdade. Os resultados de estudos clínicos confirmam que o iogurte combate a bactéria causadora de gastrite e úlceras estomacais. Os pesquisadores já sabiam há longo tempo que o iogurte, produto lácteo fermentado contendo bactérias vivas, é uma fonte saudável de cálcio, proteínas e outros nutrientes.
.
Leite quente auxilia no sono?
Verdade. Pode parecer como um conto de velhas, mas tomar uma xícara de leite quente encoraja o entorpecimento porque o leite contém propriedades promotoras do sono. Isso é graças ao seu teor em cálcio, o qual os especialistas em sono indicam como ajudante de relaxamento. É rico também em triptofano, que o organismo converte à serotonina - um hormônio natural que ajuda a adormecer. A sugestão é optar por leite desnatado, pois é menos engordativo, mas ainda contém alto teor em cálcio. Leite com alto teor gorduroso pode solicitar maior gasto do sistema digestivo e fígado, o que estimula a atividade digestiva, mantendo a pessoa acordada à noite.
.
Leite é bom para os dentes?
Verdade. Os nutrientes do leite tais como cálcio, fósforo, magnésio, vitamina D e outros dão suporte ao desenvolvimento dos dentes e tecidos orais em crianças em idade tenra, o que ajuda a proteger contra cáries dentárias.
.
É necessário ferver o leite antes de tomar?
Mito. Ferver o leite não garante que o produto ficará livre de bactérias nocivas, mesmo porque as condições caseiras não permitem a eliminação dos agentes causadores de doenças eventualmente presentes no leite cru. Há tipos de bactérias como o Bacillus cereus que a fervura pode até mesmo estimular sua disseminação no leite e provocar intoxicação alimentar. Mesmo tomando todos os cuidados sanitários, por vezes esporos resistem às altas temperaturas. Esporo é uma estrutura reprodutiva adaptada para dispersão e sobrevivência por períodos longos em condições não favoráveis. Por esse motivo, deve-se comprar e consumir leite tratado ou processado, com boa conservação na cadeia do frio.
.
Leite é importante em todas as faixas etárias?
Resposta: Verdade. O leite é considerado como o alimento mais perfeito da natureza por conter quase todas as substâncias essenciais para a nutrição humana. Embora o leite e seus derivados sejam voltados principalmente para nutrir os jovens, os nutricionistas geralmente incluem lácteos para equilibrar as dietas humanas de todas as idades.
.
É verdade que tomar muito leite na infância faz evitar problemas de saúde quando adulto?
Resposta: Verdade. As recomendações para a ingestão dietética de cálcio têm aumentado para crianças e adolescentes a fim de maximizar o pico da massa óssea e por fim reduzir o risco de fraturas osteoporóticas. Os benefícios a longo termo do aumento da ingestão de cálcio durante o crescimento, se traduzem em redução de doenças muitas décadas depois. Os estudos demonstram que a suplementação da dieta com leite ou derivados resultam em efeitos persistentes na massa óssea.
.
A ingestão de leite causa pedras nos rins?
Mito. Cálculos (litíase renal) nos rins não são ocasionados por ingestão de leite. Ao contrário da crença popular, o leite não provoca aumento de depósitos minerais nos rins, levando à formação de cálculos renais. As pesquisas na Universidade de Chicago mostraram que as pessoas podem consumir 600 mg de cálcio (a quantidade de 2 xícaras de leite) sem aumentar seu risco de formação de cálculos. Alguns estudos sugerem que a ingestão de leite está associada com taxas menores de formação de cálculos renais.

sexta-feira, 5 de março de 2010

terça-feira, 2 de março de 2010

Acordo garante a 1ª indústria de leite em pó do Estado


O município de Terenos, a 30 quilômetros de Campo Grande, será sede da primeira indústria de leite em pó do Estado. A fábrica, do grupo Vencedor, será instalada em duas etapas: a primeira em 12 meses e a segunda, em 36 meses, quando a planta industrial atingirá sua capacidade plena, de 600 mil litros de leite.
O empreendimento terá investimentos iniciais de R$ 30 milhões e foi celebrado entre os empresários e o governo estadual através da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo). Na primeira fase da fábrica, devem ser gerados 250 empregos diretos.
Além do leite em pó, a planta contará com a tecnologia para a produção de diversos queijos, obedecendo aos mais elevados padrões técnicos e exigências internacionais, com elevada mecanização industrial. Também serão fabricados outros produtos, como o leite condensado, longa vida (UTH), achocolatados, iogurtes e diversos itens que agregarão ainda mais valor à matéria-prima regional.
Logística - O Grupo Vencedor, que possui mais de 20 anos de história no setor lácteo e é dono das marcas “Vencedor”, maior fabricante nacional de mussarela em peça, “Marita” e “Heloisa”, está presente no Estado desde 2002 e também possui três laticínios em operação na região sul. Segundo um dos seus diretores, Francisco Bonagura, na hora de decidir sobre o destino da maior unidade do grupo, a logística (produtiva e de comercialização), o potencial de crescimento produtivo da pecuária leiteira sul-mato-grossense e o potencial energético (matriz elétrica, gás e maciço florestal) prevaleceram. “O Estado possui logística privilegiada, tanto para a comercialização como no abastecimento das matérias-primas necessárias à fabricação de nossos produtos, além de outras facilidades que não encontramos em outros Estados”, declarou Francisco.
Quanto ao potencial de crescimento da pecuária leiteira local, Bonagura garante, com base na experiência do grupo atuando na região, que é grande, e aposta na surpreendente capacidade de superação dos produtores sul-mato-grossenses, desde os pequenos da agricultura familiar aos médios e grandes.
O diretor ressaltou o bom desempenho registrado em Rio Brilhante, onde o grupo iniciou suas atividades no Estado, e observou a produtividade saltar de 15 mil litros dia para 90 mil. “O crescimento foi tão rápido que superou nossa capacidade de processamento na unidade”, relata.
Fonte: www.campograndenews.com.br